top of page
Post: Blog2 Post

Falece o renomado jornalista esportivo Antero Greco aos 69 anos em São Paulo


Postagem da ESPN sobre a morte de Antero Greco — Foto: Reprodução/Redes sociai

O jornalismo esportivo brasileiro está de luto com a triste notícia do falecimento do estimado Antero Greco, aos 69 anos, na cidade de São Paulo. O profissional, reconhecido por sua longa e ilustre carreira, estava internado desde o dia 12 de maio no Hospital Beneficência Portuguesa, na capital paulista, onde veio a falecer na madrugada desta quinta-feira (16). Greco, diagnosticado com um tumor no cérebro em 2022, sucumbiu às complicações decorrentes dessa condição.


A confirmação do falecimento veio por meio da ESPN, emissora para a qual Antero Greco dedicou sua energia e paixão pelo jornalismo esportivo. O comunicado oficial do Hospital Beneficência Portuguesa expressou pesar pela perda do jornalista, destacando sua integridade e dedicação ao jornalismo, que deixaram um legado inestimável para a comunicação no Brasil.


Antero Greco, formado em jornalismo pela renomada Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), iniciou sua jornada profissional nos anos 70, no Estadão, onde exerceu o papel de editor de Esportes. Sua expertise e comprometimento o levaram a atuar como editor e colunista no então Diário Popular. Nos anos 90, Greco expandiu seu alcance como comentarista de futebol na Rede Bandeirantes, consolidando sua reputação como uma das vozes mais influentes do cenário esportivo nacional.


No entanto, foi na ESPN Brasil que Antero Greco encontrou uma de suas passagens mais marcantes. Sua parceria com Paulo Soares, carinhosamente conhecido como "Paulo Amigão", tornou-se emblemática, especialmente no programa de fim de noite "SportsCenter". O entrosamento único e as risadas contagiantes entre a dupla cativaram não apenas os fãs de esportes, mas também todos aqueles que apreciavam o talento e a autenticidade de Greco como comunicador.


O velório de Antero Greco está programado para ocorrer no Cemitério do Redentor, às 12h, seguido pelo enterro às 16h. Sua partida deixa uma lacuna profunda no jornalismo esportivo brasileiro, mas seu legado e sua memória continuarão a inspirar gerações futuras de jornalistas e admiradores do esporte.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page