top of page
Post: Blog2 Post

Pedra preciosa com esmeraldas é arrematada por R$ 175 milhões em leilão da Receita Federal na Bahia



Uma pedra preciosa de matriz preta com esmeraldas verdes, pesando 137 quilos, foi arrematada por R$ 175 milhões nesta terça-feira (28) em um leilão organizado pela Receita Federal. A pedra foi encontrada na Mina Caraíba, em Pindobaçu, no norte da Bahia, e tinha um lance inicial de R$ 115 milhões.


Leilão e Avaliação


O leilão da Receita Federal, que incluiu a pedra como o lote 245, aconteceu em Campinas, São Paulo, e teve sua finalização às 11h05 de terça-feira. As ofertas estiveram abertas até às 21h da segunda-feira (27). Apesar do valor elevado pelo qual foi arrematada, o laudo técnico geológico aponta que o valor ainda está abaixo do preço real da pedra, conforme uma perícia realizada em 2 de agosto de 2022.


Características e Valor


A pedra preciosa mede 60 centímetros de altura, 20 centímetros de largura e 20 centímetros de profundidade. O relatório de avaliação indica que a precificação da mercadoria não segue os métodos convencionais de avaliação de gemas para o mercado de joias. Em vez disso, a peça tem um valor comercial significativo para colecionadores, museus e universidades, devido à sua raridade e beleza única.


Comparações feitas no relatório sugerem que pedras semelhantes podem alcançar entre 30 milhões de dólares e 50 milhões de dólares em leilões internacionais, o que corresponderia a valores entre R$ 154 milhões e R$ 256 milhões na cotação atual.


Contexto da Descoberta


A descoberta da pedra na Mina Caraíba destaca a riqueza mineral da região de Pindobaçu, que tem um histórico de produção de gemas preciosas. A Mina Caraíba, em particular, é conhecida por sua produção de esmeraldas de alta qualidade, que atraem a atenção de investidores e colecionadores de todo o mundo.


Implicações do Leilão


O leilão bem-sucedido e o alto valor alcançado pela pedra reforçam a importância das atividades de mineração na Bahia, além de sublinhar a relevância de procedimentos transparentes e regulamentados para a comercialização de itens de alto valor. Este evento também destaca o potencial econômico significativo das riquezas naturais do estado, além de proporcionar um exemplo de como recursos minerais podem ser valorizados e comercializados de maneira eficaz.


Em resumo, a arrematação da pedra preciosa por R$ 175 milhões não apenas destaca a beleza e o valor das esmeraldas brasileiras, mas também sublinha a importância econômica e cultural de tais descobertas.


0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page