top of page
Post: Blog2 Post

PF Investiga Grupo de Minas Gerais que Lucrou R$ 9 Milhões com Imigração Ilegal para os EUA


PF em operação contra grupo que envia imigrantes ilegais para os EUA Cedidas/PF

A Polícia Federal (PF) está investigando um grupo criminoso responsável pelo envio ilegal de 63 pessoas, incluindo crianças e adolescentes, para os Estados Unidos. Segundo as autoridades, o esquema movimentou mais de R$ 9 milhões.


As investigações revelaram que o grupo ostenta um patrimônio incompatível com suas atividades formais, utilizando terceiros e empresas de fachada para ocultar e dissimular os valores provenientes da imigração ilegal.


Nesta quinta-feira (23), a operação Henchman foi deflagrada pela PF em Minas Gerais, com a execução de cinco mandados de busca e apreensão em residências e estabelecimentos comerciais nos municípios de Governador Valadares e Coroaci. Durante a operação, foram apreendidos carros, documentos, celulares e valores em moeda nacional e estrangeira. Além disso, houve uma determinação judicial para o sequestro de bens até o limite de R$ 3,6 milhões.


Os envolvidos no esquema responderão por crimes de promoção de migração ilegal, envio irregular de crianças e adolescentes ao exterior e associação criminosa. As penas máximas para esses delitos somadas podem ultrapassar 16 anos de reclusão.


A operação Henchman faz parte dos esforços contínuos da Polícia Federal para combater o tráfico de pessoas e a imigração ilegal, protegendo as vítimas e desmantelando redes criminosas que lucram com o desespero de indivíduos em busca de uma vida melhor fora do Brasil.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page