top of page
Post: Blog2 Post

Polícia dos EUA Contraria Orientação e Realiza Prisões em Massa em Universidades



Nas últimas três semanas, uma onda de protestos em universidades nos Estados Unidos tem sido marcada por uma resposta policial controversa, com as autoridades optando por prisões em massa, uma tática considerada ultrapassada e contraproducente por muitos especialistas em segurança pública.


No final de abril, a polícia de Nova York prendeu cerca de 300 pessoas na Universidade de Columbia e no City College de Nova York durante manifestações contra a guerra em Gaza. O uso de granadas de luz para dispersar os manifestantes gerou críticas e preocupações sobre a abordagem policial.


Em Los Angeles, duas noites depois, mais de 200 pessoas foram presas na UCLA durante protestos similares. Esses eventos não foram isolados, com prisões também ocorrendo em outros estados, como Connecticut, Geórgia, Texas e New Hampshire.


Especialistas em policiamento alertam que é prematuro tirar conclusões definitivas sobre cada intervenção policial, mas destacam que muitos departamentos parecem ainda não ter atualizado suas estratégias para lidar com grandes manifestações. Eles ressaltam a importância de aprender com os protestos por justiça racial em 2020, quando a conduta policial inadequada resultou em acordos legais significativos.


Embora seja necessário mais tempo para uma análise aprofundada, a resposta policial aos recentes protestos levanta questões sobre a necessidade de reformas na aplicação da lei e a adoção de abordagens mais atualizadas e sensíveis ao contexto social.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page