top of page
Post: Blog2 Post

Tragédia no Trânsito: Professor de dança assassinado em conflito no Recife deixa seis famílias devastadas


O clima de luto e consternação paira sobre o Recife após a trágica morte de Marlon de Melo de Freitas da Luz, de 31 anos, professor de dança, vítima de um confronto no trânsito que terminou de forma fatal. Em entrevista exclusiva ao Diario, nesta quarta-feira (8), Karen Soares, cunhada de Marlon, desabafou sobre a perda irreparável que abalou não apenas uma, mas seis famílias inteiras.


Marlon da Luz tinha 31 anos (Foto: Arquivo)

Marlon, que estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Restauração (HR), sucumbiu aos ferimentos causados por dois disparos de arma de fogo. O incidente ocorreu no último sábado (4), durante uma discussão de trânsito na Avenida Antônio da Costa Azevedo, no bairro de Peixinhos, em Olinda, no Grande Recife.


Segundo relatos, o confronto envolveu Marlon e um policial penal do Estado da Paraíba, identificado extraoficialmente como Cláudio José. Os disparos resultaram na perda irreparável de Marlon, deixando não apenas sua esposa, Milena Torres, e sua filha de 7 anos, Valentina, em luto, mas também cinco irmãos e outras famílias próximas.


A dor da perda é intensificada pela injustiça que parece envolver o caso. A esposa de Marlon, em entrevista anterior ao Diario, expressou sua indignação com a versão apresentada pelo autor dos disparos, que alegou legítima defesa em um boletim de ocorrência registrado após o trágico evento. Milena refutou veementemente essa versão, declarando que seu marido foi vítima de uma mentira e que estão empenhados em provar a verdade.


Enquanto a família busca justiça e se mobiliza para lidar com as despesas do funeral e o suporte psicológico necessário para Milena e Valentina, a comoção se estende além do círculo íntimo. Amigos, colegas e a academia onde Marlon lecionava prestam homenagens e expressam solidariedade à família enlutada.


Neste momento de dor e perplexidade, a voz da família clama por justiça e verdade. Enquanto aguardam respostas das autoridades, a memória de Marlon permanece viva nos corações daqueles que o amavam e admiravam, enquanto a comunidade se une para apoiar aqueles que foram deixados para trás por essa tragédia sem sentido.

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page