top of page
Post: Blog2 Post

Vigilante Morto por paciente no maior Hospital do Recife fazia último plantão antes de se aposentar, diz Diretor

Um triste episódio marcou a madrugada desta sexta-feira (26) no Hospital da Restauração (HR), situado na área central do Recife, quando o vigilante Nivaldo Bezerra da Silva, de 66 anos, foi alvejado por um paciente. O ato de violência ocorreu durante a troca de turno, enquanto Nivaldo estava prestes a encerrar sua carreira, em processo de aposentadoria.

Nivaldo Bezerra da Silva, vigilante morto no Hospital da Restauração, no Derby, Centro do Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Segundo relatos do diretor da unidade, Petrus Andrade Lima, o trágico incidente teve início quando o agressor, um paciente internado, conseguiu tomar a arma do vigilante durante a troca de plantão dos profissionais de segurança, por volta das 4h30 da manhã. Nesse momento, ocorreu o confronto que resultou na fatalidade.


"Durante a troca de posto entre vigilantes, um paciente que estava internado agrediu um vigilante e tomou sua arma, desferindo um tiro no vigilante. Durante a tentativa de fuga, o paciente também foi ferido. Tanto o vigilante quanto o paciente foram atendidos aqui no HR, mas infelizmente os dois foram a óbito", relatou o diretor do hospital.


A identidade do atirador ainda não foi divulgada, sendo que as investigações estão sob responsabilidade da Polícia Civil. Petrus Andrade Lima enfatizou que, apesar da consternação da equipe, o funcionamento do hospital não foi afetado e que nenhuma outra ocorrência relacionada ao incidente foi registrada.


Atualmente, a segurança do HR é mantida por uma equipe de 66 vigilantes contratados, sendo 16 deles responsáveis pelos plantões noturnos e 18 pelos diurnos, conforme informado pelo gestor hospitalar.


Este trágico acontecimento ressalta a importância de medidas efetivas para garantir a segurança tanto dos profissionais de saúde quanto dos pacientes, bem como a necessidade contínua de vigilância e proteção em ambientes hospitalares.

Um triste episódio marcou a madrugada desta sexta-feira (26)

no Hospital da Restauração (HR), situado na área central do Recife, quando o vigilante Nivaldo Bezerra da Silva, de 66 anos, foi alvejado por um paciente. O ato de violência ocorreu durante a troca de turno, enquanto Nivaldo estava prestes a encerrar sua carreira, em processo de aposentadoria.


Segundo relatos do diretor da unidade, Petrus Andrade Lima, o trágico incidente teve início quando o agressor, um paciente internado, conseguiu tomar a arma do vigilante durante a troca de plantão dos profissionais de segurança, por volta das 4h30 da manhã. Nesse momento, ocorreu o confronto que resultou na fatalidade.


"Durante a troca de posto entre vigilantes, um paciente que estava internado agrediu um vigilante e tomou sua arma, desferindo um tiro no vigilante. Durante a tentativa de fuga, o paciente também foi ferido. Tanto o vigilante quanto o paciente foram atendidos aqui no HR, mas infelizmente os dois foram a óbito", relatou o diretor do hospital.


A identidade do atirador ainda não foi divulgada, sendo que as investigações estão sob responsabilidade da Polícia Civil. Petrus Andrade Lima enfatizou que, apesar da consternação da equipe, o funcionamento do hospital não foi afetado e que nenhuma outra ocorrência relacionada ao incidente foi registrada.


Atualmente, a segurança do HR é mantida por uma equipe de 66 vigilantes contratados, sendo 16 deles responsáveis pelos plantões noturnos e 18 pelos diurnos, conforme informado pelo gestor hospitalar.


Este trágico acontecimento ressalta a importância de medidas efetivas para garantir a segurança tanto dos profissionais de saúde quanto dos pacientes, bem como a necessidade contínua de vigilância e proteção em ambientes hospitalares.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page